LAURA LLEVADOTDireito de olhar: Imagem e democracia

Pensamento, Fora de Portas
Ter, 20 Jul 2021
18:00

Conferência
Ciclo Imagens de Pensamento
Domingo 20 Junho 18:00

@ Casa das Artes
Rua Ruben A, 210. Porto
ver no mapa

Entrada livre

Curadoria de Susana Camanho & Emídio Agra

"A partir da expressão de Derrida “Direito de olhar” (droit de regard) procurarei analisar o estatuto político das imagens produzidas durante a pandemia. A gestão política e sanitária da pandemia gerou uma determinada cultura visual, ao mesmo tempo que ocultou, ou até censurou, certas visões. A crítica das imagens produzidas pelo discurso oficial, assim como das imagens produzidas pelos próprios sujeitos em quarentena ou sob medidas restrictivas, deve ser levada a cabo a partir de um pensamento que, em vez de opor a verdade dos factos ao seu simulacro, em vez de denunciar a alienação sensorial à qual estamos sujeitos, analise e examine o próprio estatuto da imagem na sua forma de produção e exposição. Para este efeito, utilizaremos o conceito de fantasmagoria de Walter Benjamin, o conceito de imagem crítica de Judith Butler, bem como o conceito de espectralidade de Derrida. Partiremos da hipótese de que a saúde das nossas democracias é medida pelo direito de olhar, o direito ao arquivo e o direito a questionar o direito." Laura Llevadot

Laura Llevadot é professora de Filosofia Contemporânea na Universidade de Barcelona. É directora do Master de Pensamento Contemporâneo e Tradição Clássica, na mesma Universidade. É também investigadora associada do Laboratoire d’études et de Recherches sur les Logiques Contemporaines de la Philosophie (Paris VIII). Foi directora e organizadora do festival de filosofia “Barcelona Pensa”. Especialista no pensamento de Derrida, Kierkegaard e no pensamento francês contemporâneo, dirige actualmente a colecção “Pensamiento político posfundacional” (Gedisa), na qual publicou recentemente: Jacques Derrida: Democracia y soberanía (Gedisa, 2020). O seu último libro, juntamente com Javier Bassas, tem por título: Pandémik. Perspectivas posfundacionales sobre contagio, virus y confinamiento (NED, 2021).  

Imagens de pensamento

“Imagens de pensamento” dá título a este ciclo, organizado pelo Sismógrafo e com curadoria de Susana Camanho e Emídio Agra, que se propõe pensar as imagens e através das imagens. Com estas conferências procuramos cuidar o que Alexander Kluge chama “jardim de cooperação”, um lugar que preserva os momentos em que a palavra e a imagem convergem de forma a produzirem algo novo, um espaço de discrepância e cooperação face às cacofonias da informação, face à manipulação industrial e escravização dos sentimentos. Este espaço de debate e polifonia teve um primeiro momento em Julho de 2020, com uma conferência da filósofa italiana Stefania Fantauzzi sobre papel das imagens no pensamento de Hannah Arendt, e um segundo momento em Outubro, acolhendo R.H. Quaytman, João Barrento, Chantal Benjamin e Lais Benjamin Campos, desta vez com Walter Benjamin como figura central. O ciclo continua agora com a conferência “Direito de olhar: Imagem e democracia” pela filósofa Laura Llevadot.

Apoios

  • Casa das Artes 1400 px