PAULINE MAUREA tripla ofensa e tripla vingança de Roppo, Sheara e Morshackle no chicha-saloon

Performance
Sex, 2 Set 2022
19:00

Senhoras e senhores, pessoas amáveis, amigos, camaradas, estranhos, irmãos e irmãs, Sheara e Morshackle têm o prazer de os convidar para a estreia portuguesa de A tripla ofensa e tripla vingança de Roppo, Sheara e Morshackle, no seu chicha-saloon pop-up, no Sismógrafo. Venham provar o especial Blue Crystal, enquanto assistem a um filme único que nos chega da bela província de Granada. Ficarão animados, aquecidos, encantados, surpreendidos, estupefactos, escandalizados, satisfeitos, hidratados, desidratados, enfim, tudo e mais alguma coisa. Poderão vaiar e aplaudir, rir e chorar. Iremos disponibilizar um tapete vermelho, refrescos e entretenimento. Ficamos à vossa espera.

Filme:
A tripla ofensa e tripla vingança de Roppo, Sheara e Morshackle, 2021
Western experimental de Pauline Maure
Com Victoria Aime, Borja López, Marco Mariani, Pauline Maure
Duração: 30 minutos
Banda sonora: francês e espanhol
Legendas: inglês

Performance:
Screening especial no salão sheesha de Sheara e Morshackle
Victoria Aime (Sheara) e Pauline Maure (Morshackle) e Borja López (Roppo, em vídeo-chamada)
Duração aprox. 50 min

Trailer: https://vimeo.com/642359159

Pauline Maure é uma cineasta que se move no cruzamento entre as imagens conceptuais e as imagens em movimento baseadas em histórias. Trabalha com instalações e performance para reforçar a experiência da projecção dos seus vídeos. Escreveu, realizou e editou o seu primeiro filme western A tripla ofensa e tripla vingança de Roppo, Sheara e Morshackle com um faz-tudo e utilizando efeitos especiais artesanais, numa homenagem aos filmes domésticos e às peças de teatro familiar das férias. Trabalha actualmente no guião da sequela, The triple vacation and the triple progeny of Roppo, Sheara and Morshackle, um western aquático com cowgirls e cowboys em talassoterapia. Actualmente, é residente no espaço De Liceiras 18, onde se dedica à criação dos figurinos do seu próximo filme: fatos de banho experimentais com inspiração no faroeste e nos sanatórios.

Victoria Aime dedica-se às artes performativas e é tradutora. Cria obras performativas para a sua companhia, El Temblor. Desenvolve, actualmente, uma série de peças sob o título HET LAM GODS. Coordena uma investigação colectiva sobre a ASMR e Mukbang intitulada Trágate un libro, iniciada no Medialab-Prado em Fevereiro de 2021 e que continuará em 2022 graças à bolsa “Ayudas Injuve para la creación joven” (Espanha). Colabora também com Carlos Pulpón (Quemar las Naves) para a criação da peça mutante PPPP (X Encuentros de creación en Magalia 2021, Haga Zoom aquí - Macomad). Actuou sob a direcção de Angélica Liddell e Sara Molina.

Victoria Aime e Pauline Maure colaboraram no cenário de A tripla ofensa e tripla vingança de Roppo, Sheara e Morshackle, na criação de um vídeo ASMR extraterrestre R136A12A00FF420255x Blue Planet (apresentado em 2022 DIAMETRALE B-sides selection, “um programa com foco em filmes, excepcionais do ponto de vista audiovisual e que têm um sentido de humor muito especial”, Innsbruck, Áustria, Antifilm film festival, Londres, Reino Unido, 2021 EsMoA Video Art + Film Festival, El Segundo, Califórnia) e, brevemente, na instalação alimentar e electrónica “Drool train”.

Performance
Sex, 2 Set 2022
19:00 – 22:00

Projecção de filme, performance
Duração aprox. 50 min
19:00
22:00

Entrada livre, lotação limitada
Reservas: mail@sismografo.org